Encontre seu curso:   Segmento:
  Unidade:
  Curso:
Home | Cursos SENAI Rio

Logo | Cursos SENAI Rio

Conhea o SENAI Rio
Menu | Cursos do SENAI Rio Mercado e Profisses | Cursos do SENAI Rio Modalidades | Cursos do SENAI Rio Unidades | Cursos do SENAI Rio Segmentos | Cursos do SENAI Rio

 

Segmento Petróleo

Antes de escolher um curso do SENAI Rio, conheça melhor este segmento
Os números da atividade de exploração e produção de petróleo no Brasil, e em especial no Rio de Janeiro, são bastante significativos. A Petrobras, uma das maiores empresas do mundo, tem feito investimentos significativos para elevar sua capacidade produtiva. Há ainda a perspectiva de exploração de petróleo nas camadas denominadas de pré-sal, que irá demandar uma série de inovações tecnológicas e organizacionais, o que deve elevar o patamar de qualificação exigido para atuação no segmento.

A abrangência da cadeia produtiva do petróleo influencia diretamente diversos setores da economia, como construção civil, indústria naval, máquinas e equipamentos, além de serviços especializados, formando uma matriz econômica integrada.

Para que o setor atinja as metas previstas nos padrões internacionais de qualidade e eficiência, as empresas desta área têm intensificado programas de qualificação e aperfeiçoamento profissional e tecnológico.

As funções típicas da atividade incluem o trabalho em plataformas, sondas, operações de utilidades etc., mas o setor mobiliza também pessoal qualificado nas áreas planejamento e projetos, atividades subaquáticas, escalada industrial e simulação de lastro de plataforma, entre outros. Além disso, há uma demanda por profissionais das áreas de segurança do trabalho e de meio ambiente, dois temas críticos para as atividades da indústria petrolífera.

O segmento de Petróleo exige muita qualificação e a maioria das funções requer formação técnica de nível médio e complementares específicas.

Como é o mercado deste segmento no Rio?
Petróleo: salário médio na Capital pode chegar a R$ 13,63 mil.

A região Norte emprega 26.642 trabalhadores. A Capital do estado do Rio é a segunda maior empregadora, com 19.366 postos de trabalho, seguida da Leste com 1.226. Em todo o estado há 48.791 empregados no setor, com salário médio de R$ 9.672,56. O segmento conta com 225 estabelecimentos no estado.

A Capital apresenta a melhor remuneração no setor de Petróleo, com salário médio de R$ 12.086,92. A região Sul registra os melhores salários pagos aos trabalhadores com formação de Ensino Médio completo (em média, R$ 8.962,25). Já a Capital do estado do Rio que registra os melhores salários pagos aos trabalhadores com escolaridade mais alta (em média, R$ 13.638,41).

O MERCADO

Principal região empregadora - Norte 26.642
Região com maior participação no setor - Capital 54,60%
Número de estabelecimentos - Estado 225
Região com a maior média salarial - Capital R$ 12.086,92

Fonte: Elaboração Sistema FIRJAN com dados do Ministério do Trabalho e Emprego, referentes ao ano de 2010.
2014 - SENAI Rio - Todos os direitos reservados.
Banco de Talentos | SENAI Rio Separador Outros Servios | Cursos do SENAI Rio Separador Atendimento Online | Cursos do SENAI Rio