Logo | Cursos SENAI Rio

A Olimpíada do Conhecimento

Assista ao vídeo de um dos projetos do SENAI Rio na Olimpíada do Conhecimento 2016:

CONHEÇA A SELETIVA WORLDSKILLS EDIÇÕES ANTERIORES

Realizada pelo SENAI, desde 2001, a Olimpíada do Conhecimento é a maior disputa de educação profissional das Américas. O evento é uma importante vitrine para o mercado de trabalho e demonstra a excelência da educação profissional promovida pelo SENAI.

Na edição 2016, que aconteceu de 10 a 13 de novembro em Brasília, o SENAI Rio conquistou sete medalhas e dois troféus de 1º lugar. Com uma delegação de 36 participantes, o Rio de Janeiro garantiu seu lugar no pódio três vezes nos Desafios Individuais, nas duas categorias que participou dos Desafios por Equipe, duas vezes na prova prática do Sistema de Avaliação da Educação Profissional (SAEP) e com dois projetos do Desafio SENAI de Projetos Integradores.

DESAFIOS POR EQUIPE

Em Tecnologia da Informação e Comunicação, os alunos precisavam criar uma solução digital inédita com foco em sustentabilidade social. Com dados obtidos em tempo real, o Sistema Integrado de Gestão e Monitoramento de Energia (SIGME), idealizado e produzido por alunos do SENAI Maracanã, conquistou o bronze. O aplicativo permite a medição inteligente e o monitoramento do consumo de energia de ambientes e equipamentos de forma simples, diretamente pelo smartphone do usuário.

"O desafio de desenvolver o aplicativo que fizemos foi muito difícil e ao mesmo tempo muito bom para a nossa vida. Aprendemos muito com todas as fases do projeto e com a equipe", destacou Daniel Carlos, um dos alunos responsáveis pelo aplicativo. A equipe ressaltou ainda o interesse de empresas pelo projeto, que atende tanto o consumo residencial quanto empresarial.  

Já em Construção e Edificações, os alunos foram desafiados a construir uma casa inteligente popular com baixo impacto ambiental e baixo custo, que fosse acessível e confortável, gastando até R$ 50 mil. O grupo composto por alunos das unidades da Tijuca e de Petrópolis conquistou o 3º lugar na prova.

"Estou muito feliz de ter conquistado esse reconhecimento. Conseguimos ficar dentro do orçamento previsto, nos esforçamos muito e demos o sangue para que tudo saísse conforme planejamos. É muito gratificante fazer parte de tudo isso. Tenho certeza que essa participação será um diferencial na minha carreira”, disse Alex Castro, um dos participantes do projeto.

 

Desafios por Equipe

DESAFIOS INDIVIDUAIS

Nos Desafios Individuais, em que os competidores tinham que resolver problemas específicos de suas áreas tecnológicas, o SENAI Rio ganhou uma medalha de ouro, uma de prata e uma de bronze, respectivamente nas provas: Redes de Computadores, com o aluno Higor Soares, do SENAI Jacarepaguá; Web Design, com Letícia Bento, do SENAI Maracanã; e Eletricidade Predial, com Luiz Peres, do SENAI Tijuca.

“Participar da Olimpíada do Conhecimento foi extraordinário. Eu não imaginava estar onde estou e ainda ganhar o ouro representando meu estado. Vim parar em Brasília, longe do Rio de Janeiro, longe de Jacarepaguá, longe da Cidade de Deus, que é onde moro. O SENAI abre portas e a gente tem que fazer por onde, tem que estudar. O estudo é o princípio de tudo”, comemorou Higor Soares, muito emocionado.

AVALIAÇÃO PRÁTICA DO ESTUDANTE

Outros dois alunos fluminenses foram destaque na prova prática do Sistema de Avaliação da Educação Profissional e Tecnológica (SAEP). Gabriel Silva, do SENAI Macaé, ficou com a medalha de prata da avaliação de Técnico em Logística, e Altair Vargas Júnior, do SENAI Resende, ganhou a medalha de bronze na prova de Técnico em Mecânica. Eles desenvolveram atividades práticas reais de suas atribuições profissionais, e cada um deles, competiu com outros 29 alunos de todo o país.

SOLUÇÕES PARA A INDÚSTRIA

Alunos do SENAI Rio também ganharam o 1º lugar na etapa nacional do Desafio SENAI de Projetos Integradores, em que desenvolveram soluções inovadoras para problemas reais da indústria. O projeto Acesse - Kit de Adaptação para Máquinas de Costura, do SENAI Nova Friburgo, ganhou na categoria Inclusão de Pessoas com Deficiência. Já o projeto CEIPE - Cadeira Ergonômica Inteligente para Estudantes, do SENAI Santa Cruz, foi o vencedor da categoria Contribuição para a Melhoria da Qualidade de Vida na Sociedade.

Durante a Olimpíada do Conhecimento, alunos do SENAI Nova Friburgo participaram do Grand Prix SENAI de Inovação, em que tiveram que criar, em 72 horas, soluções inovadoras para as empresas Bosch, Renault, Grupo O Boticário e Lake's Fish. Os alunos foram os vencedores da última edição do Desafio SENAI de Projetos Integradores, com as “Pastilhas Eco Tablet”, projeto que usa a serragem de madeira compactada e envernizada em pastilhas de revestimento para a construção civil, que além de econômico, usa o reaproveitamento de resíduos industriais do setor moveleiro. 

As propostas dos alunos foram apresentadas durante o evento para os empresários, junto com outras nove equipes. Como resultado, mais uma vez, o SENAI Rio fez bonito, pois foi a equipe que mais pontuou e ficou em primeiro lugar no desafio da Lake's Fish, com uma solução para retirar as espinhas do filé de Tilápia  sem danifica-lo, e ainda receberam feedback positivo da empresa, que demonstrou interesse em desenvolver a solução.

SESI Rio na OC


Alunos do SESI Rio também tiveram a oportunidade de participar da Olimpíada do Conhecimento. Estudantes de Barra Mansa, Petrópolis e Jacarepaguá fizeram a exposição de seus trabalhos na etapa nacional da Mostra SESI de Ciências e Engenharia, representando o estado do Rio. Com projetos de Balança para Certificação e Controle do Consumo de Gás, Extração da Essência do Alho para Produção de Repelente Natural contra Serpentes e Ecolight – Economia de Energia através de uma Lâmpada, os alunos foram selecionados na etapa estadual por uma avaliação de representantes da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia com base nos quesitos criatividade, inovação e empreendedorismo.

Já os alunos da Escola SESI Resende participaram do Festival de Robótica da LEGO com a equipe Flash Frog, além de alunos do Colégio Pedro II de Niterói, que também representaram o Rio de Janeiro. Nesta disputa criativa, estudantes de 9 a 16 anos resolveram problemas do mundo real utilizando robôs montados com peças de LEGO. A iniciativa despertou o interesse das crianças e adolescentes para as carreiras de engenharia e tecnologia de forma desafiadora, inteligente e divertida.

O SESI Rio esteve presente ainda no espaço Escola SESI SENAI do Futuro, que mostrou novas ferramentas e tecnologias para a educação. Apresentando o Programa SESI Matemática, o estande atraiu a atenção do público com games que auxiliam no ensino da disciplina e mostrou como o programa tem transformado o ensino da matemática de forma lúdica e interativa.

 

SENAI. Ninguém forma para a indústria melhor do que a própria indústria.


^