Logo | Cursos SENAI Rio


Curso:

Especialização em Engenharia de Inspeção de Equipamentos e Materiais



Conheça melhor este curso:

O especialista em Engenharia de Inspeção de Equipamentos e Materiais é o profissional responsável pelo monitoramento, controle e manutenção da integridade física, bem como a extensão de vida útil dos equipamentos em serviço de unidades de processo dos mais variados segmentos produtivos tais como das Indústrias químicas, farmacêuticas, petroquímicas, petróleo e gás, naval, nuclear, aeronáutica, siderúrgica, papel e celulose, entre outras.

Além da necessidade dessa competência, considerada crítica nos diversos seguimentos citados acima e da escassez de profissionais com essa competência, compulsoriamente, por força da regulamentação da Norma Brasileira NR-13, toda unidade de processo ( aqui inclusos também hotéis, hospitais, shopping centers, etc.) deve ter seus equipamentos (Vasos de Pressão, Caldeiras, Válvulas e Tubulações) devidamente inspecionados, avaliados e acompanhados por um Profissional Habilitado (PH) por toda a sua vida em serviço, a fim de garantir a sua integridade física e segurança dos seus operadores, sociedade e meio ambiente. Estes três fatores concorreram para a decisão pelo desenvolvimento da pós-graduação em Engenharia de Inspeção de Equipamentos e Materiais.

O profissional pós-graduado em Engenharia de Inspeção de Equipamentos e Materiais pela FACULDADE-SENAI-RIO reúne também conhecimento e competências suficientes para trabalhar nas atividades de Fabricação, Construção, Montagem e Manutenção de equipamentos das unidades industriais de todos os segmentos citados acima.

A estruturação do curso é resultado de um processo de construção compartilhado, legítimo e representativo feito pelo Comitê Técnico Setorial constituído por representantes das instituições: ABM; INT/ABM; UP/PETROBRAS; SENAI/CTS DE SOLDA; FACULDADE SENAI-RIO e CONFAB TENARIS. A abordagem metodológica utilizada na construção do desenho pedagógico é orientada pelos princípios de flexibilidade, participação ativa do profissional, integração, contextualização, construção progressiva e cumulativa de saberes e aproveitamento de estudos de caso e de competências em aulas práticas desenvolvidas na unidade SENAI do CETEC-SOLDA.

O curso fundamenta-se nas ciências relacionadas a Metalurgia, Resistência de Materiais, Corrosão, Fenômenos de Transporte de Calor e Massa, Mecânica dos Fluídos; em disciplinas relacionadas aos Processos de fabricação, Controle de Qualidade e Confiabilidade, onde as competências e habilidades requeridas do especialista passam: pelo reconhecimento de mecanismos de danos e deterioração dos Materiais, Avaliação de descontinuidades ou defeitos detectáveis através de Ensaios Não Destrutivos, análise de resultados de Ensaios Mecânicos e Metalográficos, proposição de soluções corretivas ( Seleção de Materiais, determinação de procedimentos de manutenção e reparo - Soldagem, Tratamento térmico, Mandrilagem, etc.); além de domínio de metodologias de Integridade Estrutural fundamentadas na Mecânica da Fratura, POD (probabilidade de detecção de defeitos) e metodologias de Confiabilidade tais como RBI( Inspeção Baseada em Risco) dentre outras.

O egresso desse curso deverá ser capacitado a planejar, coordenar, executar, controlar e monitorar por meio de processos de inspeção, ensaios, testes e metodologias de análise e avaliação de confiabilidade e risco a integridade dos equipamentos, observando os aspectos normativos, legais e socioeconômicos durante sua fabricação, operação e manutenção.




Pré-requisitos:

Curso de graduação na área de Engenharia: Mecânica, de Materiais, Naval, Metalúrgica, Química, Nuclear e de Petróleo e Gás; Tecnólogos em áreas afins.




Conteúdo:

Os saberes identificados foram organizados em unidades curriculares que foram agrupadas, de acordo com a natureza do conhecimento, em módulos.

Módulo I
É constituído por quatro unidades curriculares cujo objetivo principal é conferir o conhecimento necessário para desenvolvimento das competências que integralizam as condições para estabelecimento de um diagnóstico ou análise de condições não conformes.
São Elas: Tecnologia de Materiais - Ciências dos Materiais, Corrosão e Mecanismos de Danos e Deterioração, Tecnologia de Materiais - Processos de Seleção I e II.
Destaca-se aqui a noção de que nenhum material é perfeito em si mesmo e que suas propriedades podem ser afetadas desde a desbalanceamento na sua produção até por variáveis externas ao longo de sua vida causadas por contato com a atmosfera, fluido ou ação meio em serviço, pelas solicitações em serviço, pelos processos de fabricação/conformação a que poderá estar sujeito, pela temperatura de operação ou por variação de ciclos térmicos/mecânicos. Denota-se como importante fator a corrosão e a importância da correta seleção de material seja no projeto, na manutenção ou na alteração das condições de serviço.

Módulo II
Integra duas importantes disciplinas que têm como objetivo conferir ao aluno as competência necessárias para a seleção de métodos de detecção/avaliação dos defeitos ou danos nos materiais/equipamentos bem como análise da Integridade Estrutural dos equipamentos com vistas a decisão sobre recuperação ou não do defeito ou dano detectado, monitoramento do dano/defeito ao longo da vida em serviço, definição da extensão de vida ou não do equipamento, definição de sob quais condições o equipamento poderá ou não continuar em serviço.

São estudados os princípios básicos, campos de aplicação, as limitações, vantagens e desvantagens de todas as técnicas de Ensaios não Destrutivos Convencionais e não Cconvencionais. Os alunos têm possibilidade de executar práticas de END: ensaios de Liquido Penetrante, Partículas Magnéticas , Ensaio Radiográfico e Ultrassom, n Unidade SENAI CTEC-SOLDSA. Ali também são efetuadas demonstrações práticas de aplicação dos ensaios de TOFD, PHASED ARRAY, ACFM e EDDY CURRENT. Para avaliação da Integridade de estrutural são utilizadas as metodologias API 579 e BS 7910.

Módulo III
Integra um conjunto de quatro unidades curriculares. São Elas: Equipamentos e Instalações I e II, Confiabilidade de Inspeção e Gestão de Inspeção. O objetivo é presentar os equipamentos de processo, suas funções, componentes, variáveis e os principais processos de deterioração/danos a que estão sujeitos. Atrelado a isto está o desenvolvimento das competências para organização, gestão e controle de um setor/departamento/empresa de inspeção de equipamentos bem como as metodologias capazes de estabelecer as rotinas de inspeção, monitoramento e controle das condições físicas de equipamentos de processo com a devida aferição da confiabilidade de inspeção empregada.




Carga horária:

420 horas